Sabado, 16 de janeiro de 2021 Nossa história      

Notícias

PREFEITURA DE CARIDADE DO PIAUÍ DECRETA MEDIDAS DE COMBATE À COVID-19

Data de Publicação: 05/01/2021

A Prefeitura de Caridade do Piauí decretou nesta terça-feira, 5, medidas de combate à Covid-19, a serem aplicadas no município até 31 de janeiro. O decreto nº 1/2021 leva em consideração a grave crise de saúde pública em decorrência da pandemia da Covid-19. Ainda é levado em consideração o aumento de casos no município.

Segundo o decreto, no período entre os dias 5 a 31 de janeiro está proibido a realização de qualquer evento que gere aglomeração de pessoas. “Fica proibida a realização de eventos festivos públicos e privados que causem aglomerações (festas, confraternização, seja em clubes ou espaços abertos)”, frisa o documento.

Conforme o decreto 1/2021 da Prefeitura de Caridade do Piauí, é obrigatório o uso de máscaras em ambientes públicos.

“Fica determinada a obrigatoriedade de uso de máscaras no âmbito municipal, como forma de enfrentamento ao avanço da pandemia da Covid-19, sendo obrigatória sua utilização sempre que houve necessidade de sair de casa, deslocamento em vias públicas, compras de gêneros de primeira necessidade ou medicamentos, uso de qualquer meio de transporte compartilhado, acesso a estabelecimentos prestadores de serviços essenciais, acesso aos estabelecimentos comerciais que tiveram suas atividades liberadas e permanência em qualquer ambiente público”, afirma.

Ainda de acordo com o decreto, os estabelecimentos comerciais e os eventos religiosos poderão funcionar, desde que respeitem os protocolos estabelecidos pelo Estado do Piauí e pela Vigilância Sanitária Municipal, no que diz respeito a contenção da disseminação da Covid-19.

Os bares e trailers poderão funcionar de segunda-feira à quinta-feira até às 22h00, e nas sextas-feiras, aos sábados e aos domingos até às 00h00. Ainda segundo o decreto, os estabelecimentos mencionados no documento, devem reforçar as medidas de controle de acesso e de limitação de pessoas nas áreas internas e externas, de moto que evitem aglomerações.

A fiscalização será exercida pela Vigilância Sanitária Municipal com auxílio da Polícia Militar e da Polícia Civil.